Greatest Black Bob Wig With Bangs For Sale Offer Lovers Painting With Big Discount Replica Watch Repair Superdry Mens Reddit Sell Pony Tail Hairpiece With 60 Discount Where To Buy Replica Watches Mens Watches Skeleton
E-Commerce, Lojas Virtuais deve faturar US$ 963 bilhões no mundo em 2013
Menu

E-Commerce, Lojas Virtuais deve faturar US$ 963 bilhões no mundo em 2013

De acordo com um relatório anual do banco de investimento norte-americano, Goldman Sachs, o e-commerce no mundo deve faturar 963 bilhões de dólares em 2013, crescendo a uma taxa anual de 19,4% em relação ao atual patamar. Nos Estados Unidos, maior mercado do planeta, o banco de investimento prevê um crescimento de 12,4% durante os próximos três anos, obtendo um faturamento de 235,3 bilhões dólares em vendas pelo varejo online.

Para Imran Khan, um diretor da Goldman Sachs, existem diversos fatores que contribuem para que o comércio eletrônico mundial mantenha este bom momento em todo o mundo.”O e-commerce está se beneficiando de vários fatores positivos, incluindo o desenvolvimento contínuo da banda larga, aumentando o conforto dos consumidores”, explica Khan, acrescentando que as vendas em lojas físicas vão diminuir ao longo do tempo, principalmente por conta no M-Commerce, ou e-commerce via dispositivos móveis. “Acreditamos que a proliferação dos dispositivos e aplicativos móveis podem ter um impacto profundamente negativo sobre o modelo de negócio dos varejistas tradicionais. Finaliza.

Khan ainda revela que o comércio eletrônico está em transformação em todo o mundo, tendo como fator principal o crescimento da classe média na maioria dos países do planeta, e um maior acesso à internet por meio da banda larga. Entretanto, ele afirma que há desafios para serem superados, como serviços de logística deficientes e a ameaça de fraude.

Nos EUA, ainda há muito espaço para o crescimento do comércio eletrônico, afirma Khan. Ele observa que as vendas pelo varejo online cresceram apenas 2,9% para 3,9% entre 2006 e 2009, enquanto que o faturamento da publicidade online durante este período aumentou de 6,4% para 13,7%. Ele prevê que o número de e-consumidores nos Estados Unidos devem aumentar dos atuais 170 milhões contabilizados em 2010, para 189 milhões em 2013, obtendo uma taxa de crescimento de 3,6% ao ano.

Orçamento sem compromisso

  • Publicado em web