Menu

Desenvolvimento de site Média Empresa

Criação de site gerenciável e flexível

 

Site Média Empresa é um plano de desenvolvimento de site onde você ou sua empresa receberá um site extremamente moderno, 95% gerenciável através do "Administrador de Site", com as seguintes características e módulos instalados:

  • Controle para alterar os Menus ilimitadamente podendo criar uma árvore de Menus e sub-Menus
  • Determinar em quais posições no site os módulos poderão ser colocados
  • Gerenciar fotos, álbuns de fotos, textos, telefones, facebook, twitter, links
  • Módulo de Banners para seus anúncios ou anúncios de Clientes e Parceiros
  • Criação de Produtos e Serviços podendo ser gerenciados por categorias e sub-categorias
  • Diversas outras opções incluindo as funções dos módulos seguintes

Módulos e Sistemas integrados ao site Média Empresa:

  • 2BWEB.Help Desk - Sistema de Chamados Simples (Tickets) e Chat de Atendimento
  • 2BWEB.Mailing - Sistema de Gestão para Marketing Digital (Mailing)
  • 2BWEB.Forms - Sistema de Gestão para Formulários
  • 2BWEB.Loja Virtual - Sistema de Loja Virtual básica sem customização (e-commerce)
  • 2BWEB.Firewall - Sistema de Proteção contra ataques comuns ao seu site (Detalhes sobre ataques)
  • 2BWEB.SiteBackup - Sistema de backup interno em seu site
  • 2BWEB.SEO - Sistema de SEO para Google, Yahoo, Bing e demais (Vídeo resumido do SEO)

Características:

Neste plano você nos enviará seu "logotipo", determinará até 3 cores que formam a "unidade visual" de sua empresa e nossa equipe determinará o layout de seu site baseando "claro" em formas modernas e contruindo o mesmo com menus básicos, porém, com todo este conteúdo gerenciável por você. Antes de contratar, leia nosso contrato padrão constante no formulário de contratação e entenda o funcionamento.

Etapas a se seguir após a contratação pelo nosso site:

1) Contratação do Plano pelo formulário, aceite do Contrato ao efetuar o pagamento,
2) Envio do Logotipo e determinação das cores principais de seu site e empresa,
3) Alteração do ID técnico no Registro.br como consta em Contrato,
4) Entregamos o Site e agendamos o Curso para Gerenciamento do Conteúdo,
5) Enviamos login e senha de acesso ao Gerenciador de Conteúdo e arquivo auto-instalável do site (para que guarde).
6) Aplicamos o curso via Internet (skype ou telefone) com acompanhamento digital e gravação de curso.

Pronto, você ou sua empresa tem um novo site no ar, pequeno ou grande de acordo com sua demanda e com total controle sobre o mesmo!
loja-desenvolvimento-de-sitePara contratar este Plano clique aqui loja-desenvolvimento-de-site

 

Conheça e compare os outros Planos

 

 

Desenvolvimento de site Econômico

Criação de site gerenciável e flexível

 

Site Econômico é um plano de desenvolvimento de site onde você ou sua empresa receberá um site extremamente moderno, 95% gerenciável através do "Administrador de Site", com as seguintes características e módulos instalados:

  • Controle para alterar os Menus ilimitadamente podendo criar uma árvore de Menus e sub-Menus
  • Determinar em quais posições no site os módulos poderão ser colocados
  • Gerenciar fotos, álbuns de fotos, textos, telefones, facebook, twitter, links
  • Módulo de Banners para seus anúncios ou anúncios de Clientes e Parceiros
  • Criação de Produtos e Serviços podendo ser gerenciados por categorias e sub-categorias
  • Diversas outras opções incluindo as funções dos módulos seguintes

Módulos e Sistemas integrados ao site econômico:

  • 2BWEB.Help Desk - Sistema de Chamados Simples (Tickets) e Chat de Atendimento
  • 2BWEB.Mailing - Sistema de Gestão para Marketing Digital (Mailing)
  • 2BWEB.Forms - Sistema de Gestão para Formulários
  • 2BWEB.Loja Virtual - Sistema de Loja Virtual (e-commerce)
  • 2BWEB.Firewall - Sistema de Proteção contra ataques comuns ao seu site (Detalhes sobre ataques)
  • 2BWEB.SiteBackup - Sistema de backup interno em seu site
  • 2BWEB.SEO - Sistema de SEO para Google, Yahoo, Bing e demais (Vídeo resumido do SEO)

Características:

Neste plano você nos enviará seu "logotipo", determinará até 3 cores que formam a "unidade visual" de sua empresa e nossa equipe determinará o layout de seu site baseando "claro" em formas modernas e contruindo o mesmo com menus básicos, porém, com todo este conteúdo gerenciável por você. Antes de contratar, leia nosso contrato padrão constante no formulário de contratação e entenda o funcionamento.

Etapas a se seguir após a contratação pelo nosso site:

1) Contratação do Plano pelo formulário, aceite do Contrato ao efetuar o pagamento,
2) Envio do Logotipo e determinação das cores principais de seu site e empresa,
3) Alteração do ID técnico no Registro.br como consta em Contrato,
4) Entregamos o Site e agendamos o Curso para Gerenciamento do Conteúdo,
5) Enviamos login e senha de acesso ao Gerenciador de Conteúdo e arquivo auto-instalável do site (para que guarde).
6) Aplicamos o curso via Internet (skype ou telefone) com acompanhamento digital e gravação de curso.

Pronto, você ou sua empresa tem um novo site no ar, pequeno ou grande de acordo com sua demanda e com total controle sobre o mesmo!

loja-desenvolvimento-de-sitePara contratar este Plano clique aqui loja-desenvolvimento-de-site

 

Conheça e compare os outros Planos

 

 

Site com hospedagem gerenciada

Desenvolvendo seu site conosco você terá a opção de possuir sua Hospedagem Gerenciada. Uma hospedagem gerenciada é mais vantajoso para empresas que não possuem um Dpto de CPD ou webmaster em seu quadro de funcionários. Assim, não se preocupando com criação das contas de email, gerenciamento de banco de dados e demais possíveis demanda de partes técnicas.

Trabalhamos com diversas empresas, porém nosso parceiro principal é o portal de hospedagem de sites www.CertHost.com.br

Conheça abaixo as demais vantagens e Módulos que seu site possuirá ao desenvolvê-lo conosco.

Criação de site gerenciável

Algumas imagens do Administrador de Site 2BWEB

Sustentabilidade e Economia - Site atualizável anualmente ou periodicamente com investimento único.

O Administrador de site é um ambiente compatível com a maioria dos cms atuais onde sua empresa, através dos variados módulos disponíveis terá um completo ambiente para gerenciamento, controle e expansão do conteúdo de seu site. Dentre HelpDesk, Mailing, CRM de Atendimento, Loja Virtual, controle de produtos, gerenciamento de fotos, álbuns, textos e até mesmo posicionamento no esqueleto grid que seu site possuir.

Quando sua empresa desenvolve ou renova seu site conosco não recebe apenas um novo site atualizável em conteúdo, texto, fotos e vídeo. Sua empresa recebe também nosso 2BWEB Framework que permitirá sua empresa manter seu site anualmente ou em outra escala de período sempre atualizado com as tecnologias Web e com novo Layout sem perda de conteúdo existente ou necessidade de uma nova reestruturação.

Então conclui-se que sua empresa não precisará mais se preocupar em manter-se atualizada nos anos seguintes tendo que adquirir um novo site e novamente ter altos investimentos para o mesmo.

Construa ou Renove seu site conosco e tenha no desenvolvimento de site "Painel Gestor Administrador de Site" com todos os módulos administrativos.

Construindo ou Renovando o site de sua empresa conosco além de um site moderno, dinâmico e 100% atualizável pela sua empresa (pequena, média ou grande) terão disponível o sistema de Gestão de Conteúdo "Painel Gestor Administrador de Site" com todos os módulos administrativos citados abaixo.

  • 2BWEB.Help Desk - Sistema de Chamados (Tickets) e Chat de Atendimento
  • 2BWEB.Mailing - Sistema de Gestão para Marketing Digital (Mailing)
  • 2BWEB.Forms - Sistema de Gestão para Formulários
  • 2BWEB.Loja Virtual - Sistema de Loja Virtual (e-commerce)
  • 2BWEB.Firewall - Sistema de Proteção contra ataques comuns ao seu site (Detalhes sobre ataques)
  • 2BWEB.SiteBackup - Sistema de backup interno em seu site
  • 2BWEB.SEO - Sistema de SEO para Google, Yahoo, Bing e demais (Vídeo resumido do SEO)

Verifique nossa reputação pelo Google clicando (pesquisa por 2BWEB no Google).

Orçamento sem compromisso

Linha de assunto no email marketing e como persuadir o consumidor

O uso de ferramentas como e-mail marketing é muito comum entre os profissionais de e-commerce. O baixo custo, a rapidez na execução e facilidade com que os resultados podem ser mensurados são grandes atrativos. Para aproveitar todos os recursos que a ferramenta oferece de forma eficiente, o profissional deve estar atento a alguns detalhes para evitar falhas que possam comprometer o resultado de suas campanhas. Um dos grandes entraves nesse sentido é a escolha do assunto (subject) do e-mail a ser enviado.

Um bom assunto requer desenvolvimento de pesquisa e estratégia; ele quem vai fazer o internauta abrir ou não a mensagem. Além disso, é crucial para o sucesso de qualquer ação por e-mail, entender as necessidades e o comportamento da sua base de contatos e oferecer ao público alvo o que ele quer receber em sua caixa de e-mails, no momento mais oportuno. O que faz do e-mail marketing um diferencial é, que, basta um clique para você se aproximar do seu público.

Orçamento sem compromisso



Segundo o gerente de comunicação e afiliados da E-Goi – empresa portuguesa e plataformas de marketing multicanal – Hugo Pascoal, é importante perceber que o primeiro contato entre destinatário e e-mail marketing é justamente o assunto nele contido. “É nesse momento que o receptor da mensagem decide se irá ou não abrir o email. Por isso o remetente deve ser objetivo e ao mesmo tempo criativo, para que seu email não seja apenas mais um entre as centenas que chegam todos os dias às caixas de correio eletrônico”, ressalta Pascoal.

Existem inúmeras técnicas avançadas utilizadas no e-mail marketing, contudo, o efeito que uma linha de assunto pode causar não deve ser subestimado, diz relatório apresentado em agosto pela Adestra – empresa especializada em e-mail marketing. A pesquisa analisou diversas campanhas de e-mail mkt, cada uma com mais de cinco mil e-mails disparados por grandes empresas varejistas, totalizando 932 milhões de e-mails em um período de seis meses.

O velho ditado “o conteúdo é rei” ainda é válido, de acordo com o relatório, mas quando se trata de linhas de assunto, se torna mais complexo, pois é necessário transpor todo o conteúdo do e-mail em menos caracteres que um tweet. Segundo o estudo – maior já realizado sobre o tema – as linhas de assunto possuem um efeito massivo (tanto positivo, quanto negativo) nas taxas de resposta das campanhas.

Orçamento sem compromisso



Em outro estudo, realizado pela Return Path, foi descoberto que a taxa de abertura de e-mails com linhas de assunto que possuíam menos de 49 caracteres foi 12,5% maior do que as que continham 50 caracteres ou mais. Já a taxa de cliques em assuntos mais curtos foi 75% maior (índice referente ao percentual de pessoas que clicaram no e-mail). No entanto, a Alquimia Worx apontou que, apesar das linhas de assunto com menos de 60 caracteres serem as mais abertas, as taxas de cliques também tiveram bom desempenho em e-mails com mais de 70 caracteres no assunto.

A pesquisa realizada pela Adestra mostra a diferença relativa entre a taxa de abertura de campanhas com até 10 caracteres na linha de assunto e a taxa média geral. A primeira apresenta aumento superior a 15% se comparado com a taxa média de todas as demais linhas de assunto. Quando se trata de e-commerce, os dados da pesquisa são paradoxais. De acordo com o relatório, tanto a escolha por linhas de assunto curtas quanto longas possuem um bom desempenho. O que deve ser considerado, nesse caso, são os objetivos do envio do e-mail, para em seguida, construir a linha de assunto.

A pesquisa aponta que o comércio eletrônico é como um catch-22 – expressão usada para designar uma situação que apresenta alternativas indesejáveis. No e-commerce, quando as taxas de abertura de e-mails sobem, as taxas de cliques descem, quando as taxas de abertura descem, as de cliques sobem. De acordo com o relatório, linhas de assuntos com média de 70 e 90 caracteres, mesmo que tenham expressividade em relação a cliques, contém apenas o espaço para incluir uma oferta pouco descritiva.

“Um subject demasiado pequeno pode não ser suficiente para descrever o conteúdo, mas demasiado grande pode fazer com que se perca o interesse de o ler, mas este e praticamente todos os fatores devem ser sempre testados através dos split-testings com algumas variantes do assunto e perceber o que funciona melhor para cada um”, explica o executivo da E-Goi.

Outro fato curioso relacionado ao e-commerce é que em alguns campos da pesquisa os espaços estão em branco. O exemplo disso está na análise do tamanho do assunto por caracteres, na qual as mensagens com menos de dez letras não tiveram estatísticas significativas por conta do baixo uso. Assuntos com 120, 130, 140 e 150 caracteres também não foram inclusos por falta de resultados. Um dado positivo é que, ao comparar o percentual de e-mails abertos e a média enviada, os que continham até 110 caracteres obtiveram 122.4% a mais de efetividade.

É evidente que, no comércio online, nem todas as ofertas devem ser criadas igualmente. As palavras “cupons” e “comprovante” foram arruinadas por sites de compras coletivas e por isso, seu retorno é ineficiente. No entanto, fornecer informações específicas sobre a oferta parece conduzir ambas a aberturas e cliques. Por exemplo, “% Off” e “venda” revelaram-se expressões eficazes, bem como “grátis”, todas com desempenho de 60% superior na comparação de e-mails abertos e a média enviada. Ao promover uma oferta, o anunciante deve ser claro sobre o que está oferecendo.

Para Pascoal, segmentar a linha de assunto é, de fato, um dos aspectos que mais pode influenciar a taxa de aberturas de e-mails e, conseqüentemente, o volume de vendas de um site de compras. “De uma forma geral, é importante ser relevante para atender às expectativas do cliente. O conteúdo deve corresponder ao que foi anunciado no assunto”, afirma. “No email marketing para compras coletivas, podemos verificar os piores exemplos, onde a oferta não é direcionada para segmentos específicos da base de dados, sendo muitas vezes segmentada por região, interesses, entre outros”.

O gerente comenta que uma das técnicas que podem ajudar a aumentar os resultados no e-commerce, é estimular o cliente a interagir com promoções relâmpago: “50% de desconto nas primeiras 5 TV adquiridas hoje” ou “só faltam 20 pontos para receber seu bônus”. Pascoal diz que o varejista deve, além das promoções, fazer o cross-selling e oferecer demais produtos e/ou acessórios após o cliente ter comprado o produto. “Confira nossos acessórios para seu Iphone 4″, explica. “Personalizar o e-mail com o nome do destinatário no assunto, embora, hoje seja algo banalizado, sempre ajuda a destacar seu email dos demais. Enfim, criatividade é a palavra de ordem”, finaliza Pascoal.

Fonte: ecommercenews

A 2BWEB implementa o sistema de Marketing Digital (Mail Marketing) integrado ao seu website.

Orçamento sem compromisso

E-Commerce, Lojas Virtuais deve faturar US$ 963 bilhões no mundo em 2013

De acordo com um relatório anual do banco de investimento norte-americano, Goldman Sachs, o e-commerce no mundo deve faturar 963 bilhões de dólares em 2013, crescendo a uma taxa anual de 19,4% em relação ao atual patamar. Nos Estados Unidos, maior mercado do planeta, o banco de investimento prevê um crescimento de 12,4% durante os próximos três anos, obtendo um faturamento de 235,3 bilhões dólares em vendas pelo varejo online.

Para Imran Khan, um diretor da Goldman Sachs, existem diversos fatores que contribuem para que o comércio eletrônico mundial mantenha este bom momento em todo o mundo.”O e-commerce está se beneficiando de vários fatores positivos, incluindo o desenvolvimento contínuo da banda larga, aumentando o conforto dos consumidores”, explica Khan, acrescentando que as vendas em lojas físicas vão diminuir ao longo do tempo, principalmente por conta no M-Commerce, ou e-commerce via dispositivos móveis. “Acreditamos que a proliferação dos dispositivos e aplicativos móveis podem ter um impacto profundamente negativo sobre o modelo de negócio dos varejistas tradicionais. Finaliza.

Khan ainda revela que o comércio eletrônico está em transformação em todo o mundo, tendo como fator principal o crescimento da classe média na maioria dos países do planeta, e um maior acesso à internet por meio da banda larga. Entretanto, ele afirma que há desafios para serem superados, como serviços de logística deficientes e a ameaça de fraude.

Nos EUA, ainda há muito espaço para o crescimento do comércio eletrônico, afirma Khan. Ele observa que as vendas pelo varejo online cresceram apenas 2,9% para 3,9% entre 2006 e 2009, enquanto que o faturamento da publicidade online durante este período aumentou de 6,4% para 13,7%. Ele prevê que o número de e-consumidores nos Estados Unidos devem aumentar dos atuais 170 milhões contabilizados em 2010, para 189 milhões em 2013, obtendo uma taxa de crescimento de 3,6% ao ano.

Orçamento sem compromisso

Copa de 2014, sua empresa e seu site estão preparados?

A Copa do Mundo, que será disputada no Brasil em 2014, representa uma chance importante para promover o desenvolvimento econômico mesmo depois da competição, mas os empresários precisam se preparar com antecedência se quiserem aproveitar as oportunidades geradas pelo evento.

Se sua empresa possui um site que fornece serviços ou produtos que diretamente ou indiretamente são de interesse do público da Copa ou, das empresas que estarão atuando na Copa de 2014, está na hora de pensar em como divulgar este produto ou serviço e como comercializar em seu site os mesmos!

Diretamente relacionadas identificamos alguns setores de empresas que precisam melhorar, renovar ou adicionar em seus sites as formas para facilitar e divulgar a contratação dos serviços. Citando algumas:

Hotéis, Pousadas, Restaurantes, Empresas de Viagens e Turismo, Empresas de roupas e calçados em geral, Empresas de alimentos em geral, Empresas de Locação de Veículos e etc.

Nós da 2BWEB desenvolvemos variadas propostas de ações para maximizar este aproveitamento em seu site e de acordo com seu negócio.

Orçamento sem compromisso




Os três grandes desafios do email marketing com desenvolvimento de site novo

Criação de site gerenciável e flexível

 

Elaborar uma campanha de email marketing é um processo complexo e instigador, que vai muito além do layout da mensagem ou do envio para um grupo específico de destinatários. O sucesso da ação depende de alguns requisitos nem sempre conhecidos pelas empresas e que, quando bem trabalhados, podem trazer resultados bastante consistentes. Veja quais são os três principais desafios de uma campanha de email marketing, e saiba como superá-los para criar ações mais assertivas.

1. Gestão inteligente da base de contatos

Esqueça o envio massivo de mensagens e os mailings com milhões de destinatários. O barato pode – e, na maior parte das vezes, vai – sair (muito) caro. A gestão inteligente da base de contatos é fator primordial para o sucesso de qualquer ação de email marketing.

E quando se trata de gestão inteligente de email marketing, os principais fatores são: opt-in, opt-in e opt-in. Ou seja: nem pensar em fazer contato com quem não demonstrou qualquer intenção de receber suas mensagens. Nesse caso, o cliente precisa estar no comando da ação, e apenas receber os conteúdos pelos quais tenha demonstrado algum interesse.

As empresas que desejarem dar um passo além podem partir para o double opt-in. Nesse caso, após o cadastramento inicial, o usuário novamente confirma por email, seu desejo de receber as mensagens de email marketing e autoriza – ou não – o compartilhamento de seus dados com parceiros da empresa.

Constituir uma base double opt-in consome tempo e recursos, mas gera resultados muito mais consistentes e duradouros do que o envio em massa para uma lista irregular, adquirida a preços módicos no mercado paralelo. Com uma base double opt-in, elimina-se o risco de enviar mensagens para e-mails inválidos, pois a confirmação só é possível por meio de uma caixa postal ativa; além disso, a base será constituída única e exclusivamente por pessoas que de fato desejam receber as mensagens de email marketing em questão, o que tende a reduzir o opt-out e aumentar a assertividades das ações.

2. Adesão às boas práticas de email marketing

O respeito é a regra número um para estabelecer vínculos duradouros com os clientes. Assim, deixar o consumidor a vontade para decidir é essencial para estabelecer uma boa relação.

Portanto, para obter os melhores resultados, é indispensável aderir às boas práticas de email marketing. Isso inclui assegurar à base o direito ao opt-out, deixando sempre aberta a possibilidade de não mais receber as mensagens de email marketing, se o cliente assim o desejar. Caso esta possibilidade não exista, as mensagens de email marketing involuntariamente se transformação em spam, e o usuário tende a ignorar qualquer oferta encaminhada pelo remetente.

Longe de representar uma desvantagem, a opção de opt-out reforça o compromisso da empresa em respeitar as preferências dos usuários, contribuindo para a criação de uma imagem positiva e o estabelecimento de uma relação mais sólida. Também em atenção ao cliente, aliás, é necessário criar uma política de privacidade que possa ser acessada a partir da mensagem de email marketing e, evidentemente, fazer valer todos os compromissos que foram pactuados nesse documento.

3. Produção de conteúdo relevante, que parta para a ação

Uma mensagem sobre as novidades de uma badalada churrascaria no Rio de Janeiro será irrelevante para quem mora em Belém. O anúncio de uma grande oferta de artigos esportivos provocará desdém aos sedentários de plantão. Uma newsletter sobre os últimos lançamentos do mercado literário será apagada sem piedade por quem não gosta de ler.

Em resumo: enviar para quem não quer receber significa atirar automaticamente as campanhas de email marketing ao lixo. Além de uma linguagem objetiva e um design atraente, as mensagens de email marketing precisam apresentar um conteúdo relevante, personalizado conforme as características e preferências de cada destinatário. Isso exige um grande empenho por parte das empresas em conhecer bem seus consumidores, saber quem são, onde vivem, em que faixa de renda se situam, pelo que se interessam etc. e também em fazer um uso estratégico dessas informações.

No entanto, cabe destacar que irrelevante será o conteúdo que, mesmo adequado às características de um usuário específico, não proporcionar interatividade ou, em bom português, não “chamar para a ação”. Afinal, as mensagens de email marketing têm como meta maior a conversão – seja sob a forma de uma compra, de uma resposta ou de uma adesão – e o seu conteúdo precisa estar formatado de forma a contribuir com isso.

Uma campanha de email marketing não pode, portanto, ceder ao apelo fácil da passividade. Pelo contrário. Os usuários precisam ser instigados a interagir e a participar. Isso, certamente, resultará em maiores taxas de clique e melhores resultados para a ação.

Orçamento sem compromisso

Assinar este feed RSS